A Tormenta de Espadas, O Festim dos Corvos e A Dança dos Dragões


Voltei.


Para dar uma atualizada no blog, eu terminei os cinco livros das Crônicas de Gelo e Fogo faz um tempo, essa postagem é o encerramento do ato, quando estivermos perto do lançamento de Os Ventos do Inverno (sexto livro da série) posso retomar o ato para reler novamente.

Como não falei sobre o terceiro livro gostaria de começar por ele, A Tormenta das Espadas é sem dúvida meu favorito, ali é onde tudo acontece, dentre todos os livros da série A Tormenta das Espadas foi onde eu me senti mais vivo, que coisa linda. 
Depois dessa leitura posso dizer que nunca mais vou encarar um livro do mesmo jeito.

O festim dos corvos nos apresenta novos personagens, uma outra imersão da série, as Ilhas de Ferro. Infelizmente toda essa confusão de linha de tempo entre o terceiro, quarto e quinto livro me deixou um pouco perdido, não sou um expert, muito menos me acho um crítico literário, só gosto de fantasia e pronto. 

A partir da metade do quinto livro como Martin nos diz que "os dois riachos se juntam novamente" (ou algo do tipo). A linha do tempo voltar ao normal novamente, o quinto livro apesar de muitos acontecimentos é uma baita de uma preparação para o sexto, a série Game of Thrones nos revelou grandes spoilers, porém, acredito que muita coisa será diferente no sexto livro (eu sei, é um pouco óbvio), ainda mais com essa sétima temporada).

Talvez o que me tenha desanimado um pouco com os livros foi a série. Vários acontecimentos importantes eu já sabia, isso me deixou menos surpreso, óbvio que isso não tira toda a riqueza do livro. 

Comentários